PAULO GUEDES DIZ ‘NÓS ROUBAMOS MENOS’ AO COMPARAR BOLSONARO E LULA

O ministro da Economia, Paulo Guedes, cometeu um deslize ao comentar, nesta quinta-feira, 27 de outubro, a promessa do governo Bolsonaro de aumentar a faixa de isenção da tabela do Imposto de Renda.

Questionado pela reportagem do portal G1 sobre a promessa de isentar do imposto os trabalhadores com renda de até R$ 6 mil mensais, acima dos R$ 5 mil prometidos pelo ex-presidente Lula, o ministro da Economia afirmou que o governo Bolsonaro ‘rouba menos’.

Eu, se fosse o Bolsonaro, diria: tudo o que o Lula fizer, eu faço mais. Por quê? Porque nós roubamos menos”, afirmou. E se corrigiu imediatamente em seguida: “Nós não roubamos”.

“Quem rouba não consegue pagar muito. Então, o que acontece? Se você pagar um salário mínimo de 1.200, eu pago 1.400. Se ele paga 1.400, eu pago 1.500. Se o Bolsa Família for de R$ 6 mil, eu pago R$ 7. Se você dá uma isenção, vira uma disputa política de ver quem chuta mais alto”, disse Guedes.

Ao longo dos quatro anos de mandato, no entanto, o governo Bolsonaro não reajustou a tabela do Imposto de Renda, embora isso tenha sido uma promessa em sua primeira campanha à Presidência.

Da redação do BLOG RADAR DE NOTÍCIAS – EMANOEL CORDEIRO/MAGNO MARTINS