Subtenente da PM é assassinado durante confronto com assaltantes em Petrolina

Segundo informações preliminares, o Subtenente reformado da PM, de nome Pedro Olindino, estaria no Umbuzeiro bar, localizado próximo ao 45, na BR-407, que liga Pedro Baiano a Pau Ferro em Petrolina, quando dois assaltantes chegaram de moto no local para assaltar o comércio,  um dos bandidos entrou no bar, enquanto outro ficou aguardando o comparsa. Na ação, o subtenente reagiu, matou um dos criminosos, mas foi atingido pelo outro. Ainda de acordo com informações, o segundo assaltante teria sido baleado e fugido pela caatinga.

O militar não resistiu aos ferimentos e acabou indo a óbito também. Um terceiro elemento ainda subiu na moto e se preparava para fugir com as armas da vítima e do comparsa morto. Mas um sobrinho do subtenente o derrubou da moto.

A movimentação começou quando um homem em sua moto estava sendo perseguido por dois suspeitos, que pretendiam praticar um assalto. Ele se aproximou do bar para procurar abrigo e os outros dois que o seguiam localizaram o mesmo próximo ao bar e ainda efetuaram disparos de arma de fogo contra ele, que conseguiu fugir pelo matagal.

Os dois suspeitos ainda disseram que eles é quem estavam sendo perseguidos e o subtenente ficou sem entender a situação. Foi quando anunciaram um assalto e enquanto eles recolhiam alguns celulares e carteiras das pessoas que estavam no local, um dos bandidos apontava uma arma e pediu para que o ex-sargento levantasse a camisa, foi quando ele puxou uma arma e atirou em um dos suspeitos, que acabou morrendo. Ao perceber a situação, o outro comparsa efetuou disparo de arma de fogo contra o subtenente, que não resistiu ao ferimento.

A pessoa que estava sendo perseguida pelos dois bandidos apareceu no local e esclareceu a policia sobre a tentativa de assalto.

O homem que atirou no reserva da polícia militar saiu do bar em uma motocicleta e ainda foi perseguido por uma pessoa que estava em um carro e chegou a atropelar o bandido, mas o mesmo conseguiu fugir e continua foragido.

 

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Carlos Britto/Edenevaldo Alves