CPI investiga hoje refinaria Abreu e Lima em Suape

uatro deputados federais que compõem a CPI da Petrobras vão fazer uma vistoria hoje, a partir do meio-dia, nas dependências da Refinaria Abreu e Lima (Rnest), localizada no Complexo Industrial de Suape, em Pernambuco. O grupo, composto por dois parlamentares pernambucanos, Kaio Maniçoba (PHS) e Fernando Monteiro (PP/PE) – os demais visitantes são Altineu Côrtes (PR/RJ) e delegado Waldir (PSDB/GO) -, pretende analisar e fazer um relatório do andamento da construção do empreendimento. A obra é uma das citadas e investigadas na Operação Lava-Jato, devido ao suposto superfaturamento dos seus valores decorrente do esquema de corrupção que desviou sistematicamente recursos da Petrobras.

Além disso, vem sendo alvo de auditorias do Tribunal de Contas da União (TCU), que já apontou irregularidades em contratos. O custo da obra se multiplicou nesses anos e saiu dos US$ 2,4 bilhões, previstos inicialmente, para US$ 18,5 bilhões.

Como consequência dos sucessivos problemas, as obras que deveriam estar concluídas desde 2011 ainda não foram entregues totalmente e não têm previsão disso. Atualmente, cerca de 80% do projeto está pronto, parte dele da operação do primeiro trem de refino da refinaria, cuja produção começou em dezembro de 2014.

Porém, desde o início do ano, os trabalhos para conclusão da obra estão paralisados, reflexo direto da Operação Lava-Jato, responsável por investigar a relação entre ex-diretores da estatal, doleiros, parlamentares e empreiteiros – alguns deles presos na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Diário de Pernambuco

VISITE O INSTAGRAM
VISITE O INSTAGRAM
VISITE O INSTAGRAM
VISITE O INSTAGRAM
VISITE O SITE
VISITE O SITE