CORPO DE BEBÊ MORTO É TROCADO NO HOSPITAL DOM MALAN/IMIP EM PETROLINA

Homem denuncia Hospital Dom Malan/IMIP, em Petrolina, por negligência médica. De acordo com Adauto Pereira, morador de Riacho Seco, em Curaçá, norte da Bahia, sua esposa Edinaiane da Silva deu entrada na unidade hospitalar, por volta das 23 oras e 40 minutos deste domingo, dia 25 de março, em trabalho de parto e deu a luz a uma menina, a qual estava viva.

Aproximadamente 40 minutos depois, a paciente foi informada que sua filha veio a óbito. Na manhã desta segunda-feira, (26), o pai da criança esteve no local para buscar o corpo da filha e ao retornar para a residência da família para a o sepultamento, a avó da criança resolveu abrir o caixão e trocar a roupa da neta já morta, foi quando descobriu que se tratava de um menino. “Ninguém me atendeu e lá no necrotério só havia esse corpo. Quando cheguei em Riacho Seco, graças à minha sogra, que resolveu tirar o lençol e vestir uma roupinha, descobrimos que era um menino.”, explicou Pereira.

Na tarde dessa segunda-feira, dia 26, Adauto retornou com o corpo até o Dom Malan, onde já teria uma outra mulher à procura do seu filho também falecido na unidade. A polícia foi acionada e corpo da filha de Adauto foi encontrado, mas o Delegado não quis se pronunciar sobre o caso, que segue sendo investigado.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Edenevaldo Alves

SIGA-NOS NO INSTAGRAN RADAR DE NOTÍCIAS
VISITE O INSTAGRAM
VISITE O INSTAGRAM