Análise preliminar indica que Belchior morreu por rompimento de artéria aorta, diz delegada

belchior

O cantor e compositor cearense Belchior, que morreu neste domingo, dia 30 de abril , aos 70 anos, teve rompida sua artéria aorta, o que indica uma morte por causas naturais. A afirmação foi feita por um médico do Instituto Médico-Legal (IML) de Cachoeira do Sul, onde foi realizado o exame de necropsia, à polícia.

O relato do especialista foi dado à delegada Raquel Schneider, da Polícia Civil de Santa Cruz do Sul, cidade onde o artista morava. “Esse deve ser o resultado que vai vir no laudo depois. Claro que também serão feitos mais alguns exames, mas em princípio foi isso”, afirmou Raquel.

À TV Globo, Angela Margareth, ex-mulher do músico, disse que a causa da morte foi um infarto. No entanto, a delegada relatou que o médico não levantou essa possibilidade durante a conversa que tiveram.

Corpo do cantor Belchior foi levado para o IML de Cachoeira do Sul (Foto: Muriel Porfiro/RBS TV)

O corpo do cantor deve deixar o IML de Cachoeira do Sul, onde foi feito a necropsia, no início da noite deste domingo (30). Segundo Raquel, ele será levado ao município de Venâncio Aires para ser embalsamado. Mais tarde, deverá seguir para Porto Alegre e, no início da madrugada de segunda-feira, dia 01 de maio, transportado para a cidade de Sobral, no Ceará, onde ocorrerá o sepultamento.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/G1