Agentes de endemias de Ouricuri realizam campanha para prevenir e combater criatórios de aedes aegypti

dengue (2)

Nos últimos dias, o efetivo de agentes de endemias de Ouricuri foram mobilizados para iniciar a campanha de prevenção e combate ao mosquito aedes aegypti, mosquito causador da dengue e, recentemente da chamada febre chicungunya – doença diagnosticada em milhares de brasileiros no fim do ano passado, principalmente em municípios dos estados da Bahia e Amapá.

A ação foi realizada nesta sexta-feira, 27, nos bairros Capela de São Braz e Cohab, locais em que foram entregues panfletos informativos à população orientando os moradores a eliminar possíveis criadouros do mosquito da dengue e tomar as devidas precauções.

Além da orientação dada às pessoas, os agentes de endemias recolheram objetos jogados na rua que pudessem ser possíveis focos de criação do mosquito. A iniciativa é da Prefeitura Municipal de Ouricuri por meio da secretaria de Saúde e deve ser realizada em outros bairros da cidade, visto que estamos no período de maior desenvolvimento do mosquito.

De acordo com dados do Ministério da Saúde a febre Chikungunya é uma doença causada por vírus do gênero Alphavirus, transmitida por mosquitos do gênero Aedes, sendo o Aedes Aegypti (transmissor da dengue) e o Aedes Albopictus os principais vetores.

Os sintomas da doença são febre alta, dor muscular e nas articulações, cefaleia e exantema e costumam durar de três a 10 dias. A letalidade da Chikungunya, segundo a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), é rara, sendo menos frequente que nos casos de dengue.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/ Ascom PMO

SIGA-NOS NO INSTAGRAN RADAR DE NOTÍCIAS
VISITE O INSTAGRAM
VISITE O INSTAGRAM