MORRE NO HOSPITAL DE OURICURI, HOMEM ENVOLVIDO EM TIROTEIO QUE VITIMOU FATALMENTE PM E BALEOU AGENTE DA POLÍCIA CIVIL EM PARNAMIRIM

O homem suspeito de participar da morte de um policial militar em Parnamirim (PE), no Sertão Central, na última quarta-feira, dia 14 de março, morreu no Hospital Regional Fernando Bezerra em Ouricuri na última sexta-feira, dia 16 de março.

De acordo com informações, Antônio Florêncio dos Santos Neto, 36 anos, não resistiu aos ferimentos provocados por disparos de arma de fogo durante o confronto em que o PM Josué Hipólito Siebra veio a óbito e um policia civil foi baleado. Ainda segundo informações, durante o confronto outras duas pessoas também ficaram feridas. O estado de saúde delas é desconhecido.

Até o momento, nenhuma novidade sobre o caso foi fornecido pela Polícia Civil, que investiga o caso. O corpo de Antônio Florêncio foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Petrolina.

ENTENDENDO O CASO:

O policial militar Josué Hipólito Siebra, foi morto e um policial civil ficou ferido durante um tiroteio na noite de quarta-feira, dia 14, no município de Parnamirim, no Sertão de Pernambuco.

De acordo com a Polícia Civil, os dois policiais trocaram tiros com um homem, que ainda não teve a identidade revelada.

Ainda segundo informações da polícia, o policial civil que ficou ferido foi trazido para um hospital de Petrolina.

Durante o confronto, outras duas pessoas também ficaram feridas. Elas foram encaminhadas para um hospital em Ouricuri. Não foram divulgadas informações sobre o estado de saúde das vítimas.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Por Roberto Gonçalves