Plantão de Polícia – Sexta-feira, 26 de fevereiro, 2016

plantao-policial

Em Araripina, mulher é presa por agressão e ameaça contra criança de 10 anos e a mãe

Por volta das 18horas e 30 minutos a Patrulha do Bairro foi acionada pelas vítimas até a travessa Alto Alegre no bairro José Martins, que informaram que a acusada, Amanda da Silva, 26 anos, solteira,teria discutido e arremessado uma pedra contra a menor de 10 anos, além de ter empurrado a mãe da criança, a senhora Josefa Alzira da Silva, 51 anos, viúva, agricultora, ameaçando incendiar a casa com as duas dentro. Relatava ainda que não teria sido a primeira vez que isso teria ocorrido. As envolvidas foram conduzidas a DPC local para as providências legais.

Prisão por posse ilegal de armas de fogo na zona rural de Ouricuri

Após levantamento do NIS e malhas da lei, nesta quinta-feira, dia 25 de fevereiro a GE do GATI se deslocou até o sítio Minadouro na zona rural de Ouricuri, onde ao questionar o acusado, Geraldo Alexandre de Carvalho, sobre a existência de armas em sua propriedade, ele voluntariamente entregou uma espingarda cal 32, e duas espingardas soca-soca de fabricação caseira. As armas e o acusado foram encaminhados para a DPC de plantão para as devidas providências.

Em Ouricuri, mulher inconformada com a separação, derruba e danifica moto do ex, quando ele estava em companhia de outra mulher

Por volta das 18horas e 21 minutos dessa quinta-feira, dia 25 de fevereiro, a Patrulha de Trânsito foi acionada pela agente da Policia Civil, informando que as vítimas, Maria Francilene da Costa, 38 anos, divorciada e José Ferreira de Lima, 30 anos, casado se encontravam na DP relatando que a acusada, Glicélia Pereira dos Santos, 29 anos, inconformada com o fim do relacionamento com o José Ferreira, após ofensas e discussão, derrubou sua motocicleta Honda CG 125cc Fan, preta, paca KKJ 1995, na rua Falconery Costa Holanda no Residencial São Sebastião, na Quadra A, causando avarias no tanque e retrovisor do veículo. A acusada foi localizada e conduzida a DPC para as devidas providências.

Polícia Civil de Exu cumpre ordem judicial e prende homem por prática de violência doméstica

Policiais civis lotados na delegacia de Exu PE, liderados pela delegada de polícia, Dra. Livia Callou, cumpriram nesta manhã de quinta-feira, dia 25 de fevereiro, o mandado de prisão preventiva decretado em desfavor de Raimundo Daniel Alves, conhecido como Daniel, 50 anos, pela prática delitiva prevista no Art. 129, parágrafo 9º. II do CPB – Código Penal Brasileiro em ambiente familiar, ou seja, violência doméstica, expedido pelo Excelentíssimo Senhor Juiz de Direito substituto da Comarca de Exu, Rodrigo Fonseca Lima Oliveira.

Após a detenção do mesmo no sitio Badeci, zona rural de Exu e as formalidades legais na delegacia de Exu, o acusado foi preso e recolhido a cadeia daquela cidade, ficando a disposição da justiça.

Homicídio em Ouricuri, homem é morto dentro de casa a tiros por 3 homens

Por volta das 21 horas dessa quinta-feira, dia 25 de fevereiro, mais um homicídio em Ouricuri.

Um veículo de cor escura chegou à residência da vítima, Jose Nivaldo de Lima, conhecido como Inha, 43 anos, casado, um dos ocupantes do carro, dizendo que traria um ventilador para ser concertado, a esposa, atendeu e este insistiu em entregar o objeto diretamente a vítima, quando o mesmo saiu do banho para atender o suposto cliente, foi recebido a tiros por outros dois homens que encapuzados efetuaram os disparos, seguindo a vítima até o interior da casa. Uma das balas atingiu o portão da casa.

Inha ainda tentou fugir correndo para dentro da residência, onde recebeu os disparos, vindo a cair na cozinha da residência na Quadra L, Nº 03 na rua José Araújo do residencial Minha casa, minha vida em Ouricuri. Em um bar nas proximidades do posto da PRF em Ouricuri.

Testemunhas disseram aos policiais que o veículo utilizado no crime, foi visto durante a tarde

As polícias militar e civil estiveram no local colhendo dados e realizando a pericie preliminar.

Cadáver é localizado em Ouricuri e polícia ainda não sabe a causa morte

As 22 horas dessa quinta-feira, a polícia militar foi informada a respeito de um cadáver encontrado com uma lesão na cabeça, possivelmente vítima de atropelamento, porém a causa morte só quem deve definir é o IML.

Segundo informações da delegacia de Ouricuri, o cadáver ainda não havia sido identificado, bem como a causa morte ainda não teria sido definido.

Segundo as investigações, um veículo teria passado no local e seria o responsável pelo suposto atropelamento, ou não, pois o hematoma na cabeça da vítima, poderia ter sido causado por atropelamento no local ou não ou ainda por outro objeto no local praticado no local ou em outro e ali desovado.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro

VISITE O INSTAGRAM
VISITE O INSTAGRAM