PADASTRO QUE ESTUPRAVA ENTEADA DE 13 ANOS EM SALITRE – CE É PRESO E CONFESSA QUE MATOU VÍTIMA POR ASFIXIA, ESQUARTEJOU E ATEOU FOGO NO CORPO APÓS DESCOBRIR GRAVIDEZ

Um homem confessou na tarde desta quinta-feira, 04 de julho, ter matado a sua própria enteada por meio de asfixia e ateado fogo no corpo após esquartejá-la. A garota MARIA RAQUELL CONCEIÇÃO LIMA, 13 anos, que residia no Sítio Crioulos em Salitre e estava desaparecida desde sábado (29/06) quando familiares promoveram verdadeiro mutirão nas buscas. O Tenente PM da Reserva, Paulo Cézar, passou a auxiliar nas averiguações e conseguiu prender o acusado NATANAEL ALVES DOS SANTOS, 37 anos, o “NATAN”.

Ao tomar conhecimento das suspeitas recaindo sobre ele, tratou de fugir no seu carro na manhã desta quinta-feira abandonando Salitre. O mesmo bateu o veículo num caminhão e ainda tentou o suicídio cortando os pulsos antes de ser preso pelo PM no município de Serrolandia (PE) com procedimento feito na Delegacia de Ipubi naquele estado. Ele confessou o crime com riqueza de detalhes afirmando ter matado no mesmo sábado por meio de asfixia e na própria casa onde morava com a mãe dela que não se encontrava.

Logo depois, colocou o corpo no seu próprio carro e tratou de ocultar o cadáver. Na conversa com o Tenente Paulo Cézar ainda no Pernambuco, “Natan” apontou o local onde tinha “desovado” o cadáver da adolescente. O mesmo foi encontrado às 15 horas em meio a um matagal no Sítio Baixio em Salitre e “Natan” negou que tivesse estuprado a menina e, mais que isso, qualquer envolvimento da mãe dela no caso. Imagens de câmeras de segurança de um posto de combustível em Salitre mostraram ela passando na manhã de sábado com uma mochila nas costas. Na verdade, esta tarde foram encontrados os pedaços do corpo dela em meio a bastante cinza.

Apesar de confessar o crime com riqueza de detalhes, “Natan” negou qualquer ato de violência sexual contra a vítima e garantiu que a mãe de Raquely não tinha envolvimento no caso. Imagens de câmeras de segurança reforçaram o percurso da garota no dia do desaparecimento, enquanto os restos mortais foram descobertos entre cinzas, revelando a cruel brutalidade desse ato horrendo.

Nas redes sociais, amigos e familiares da jovem pedem por justiça.

Da redação do BLOG RADAR DE NOTÍCIAS – EMANOEL CORDEIRO/FONTE E IMAGEM: SITE MISÉRIA