Evento do projeto Cisternas nas Escolas tem início em Juazeiro na Bahia

Teve inicio nesta terça-feira, dia 03, em Juazeiro, na Bahia, atividade de capacitação de monitores e monitoras pedagógicos do Projeto Cisternas nas Escolas, da Articulação Semiárido Brasileiro (ASA), com apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). A atividade acontece no Grande Hotel Juazeiro e iniciou às 14h, com mesa de abertura tendo a presença da coordenação executiva da ASA e da representante do MDS, Francisca Rocicleide. Ainda na tarde de hoje acontece uma mesa de debate que irá discutir a situação e os desafios da educação formal e as possibilidades da educação contextualizada.

A atividade segue até esta quinta-feira, dia 05, com atividades que pretendem contribuir com a formação dos monitores pedagógicos que integram a ação do projeto Cisternas nas Escolas, da ASA. Os monitores integram as equipes dos projetos como articuladores das ações nos estados. Os participantes visitarão experiências de educação contextualizada na zona rural da região e construirão a metodologia de ação no projeto.

A ASA já implementou ao longo de sua ação cerca de 850 cisternas em escolas do Semiárido brasileiro. Este ano o projeto foi retomado e levará cisternas a 2.500 escolas de 255 municípios. A meta é a construção de 5 mil tecnologias até 2016. A cisterna escolar é construída com placas de cimento e tem capacidade para armazenar 52 mil litros, o que pode garantir o acesso à água por até 8 meses.

O evento está acontecendo no Grande Hotel de Juazeiro, na rua José Petitinga, 466 – Bairro Santo Antônio, Juazeiro – BA.

Outras informações, entre em contato contato com a Assessoria de Comunicação da ASA por meio de Catarina de Angola – (81) 21217429 ou Ylka Oliveira – (81) 21217435

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro

VISITE O INSTAGRAM
VISITE O INSTAGRAM
VISITE O INSTAGRAM
VISITE O INSTAGRAM
VISITE O SITE
VISITE O SITE