Dilma critica PEC 241 e defende Lula em ato no Rio

alt

A ex-presidente Dilma Rousseff fez críticas à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, que limita os gastos da União por 20 anos, e ao processo de impeachment em discurso na noite desta segunda-feira (24) no Rio. A petista também defendeu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que, segundo ela, vive uma “perseguição”

“A PEC 241 é grave”, afirmou no ato A Nacional Contra a Desconstrução do Estado Democrático de Direito, promovido pela Faculdade Nacional de Direito, no Rio. Dilma afirmou que o País vive um “processo de golpe continuado” e de “desmonte das políticas sociais”. “Uma parte expressiva da continuidade do golpe é a perseguição a Lula”, disse. Ela falou para uma plateia em auditório lotado, que gritavam frases como “Fora Temer”.

Para a ex-presidente, a PEC 241, bandeira do governo de Michel Temer, busca atingir a Saúde e Educação, que são os maiores gastos vinculados às receitas líquidas do governo. Entre as perdas que virão com a aprovação do projeto, disse, estão “remédios para hipertensão e diabetes”. Para a petista, o “Bolsa Família sozinho não segura”.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro