Delegacia de Polícia Civil é arrombada e assaltada no interior de Pernambuco

DELEGACIA-Garanhuns

A segurança pública de Pernambuco passa por mais uma situação, no mínimo, constrangedora. Na manhã desta segunda feira (16), ao chegarem à primeira delegacia de Garanhuns, no Agreste, os policiais civis que trabalham na unidade perceberam sinais de arrombamento e haviam sido roubadas uma metralhadora e uma espingarda de calibre 12.

O fato causou a indignação do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE).

“O arrombamento de delegacias é algo inaceitável e que vem se repetindo em nosso Estado, o que revela uma flagrante crise da nossa ‘segurança pública’”, ironizou a entidade, destacando que há quase dois anos já vem denunciando as condições precárias de trabalho as quais estão submetidos os policiais.

“A política de deixar delegacias sem policiais permanentes facilita e incentiva esse tipo de ação por parte dos bandidos. Eles conhecem a vulnerabilidade das unidades e se aproveitam dela. Claramente essa situação só começará a se resolver com o reforço do efetivo da Polícia Civil de Pernambuco. O Governo do Estado tem a oportunidade de convocar os aprovados no último concurso da instituição. Enquanto isso não for feito, estaremos todos vulneráveis, inclusive as delegacias e os policiais”, frisou o Sinpol-PE, em nota da assessoria.

Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/Rádio Jornal Recife