Começará por Araripina a visita do Governo do Estado no programa “Todos por Pernambuco”

todos-por-pernambuco
O Governo do Estado iniciará na próxima sexta-feira, dia 13 de março, o Seminário Todos por Pernambuco. Esta é a terceira edição da iniciativa que tem o objetivo de escutar a população de todos os municípios pernambucanos, colhendo sugestões e propostas que influenciam diretamente na construção do Plano Plurianual – lei que consolida o plano de ação que o governo vai realizar nos três próximos anos.
O primeiro seminário será em Araripina. Os encontros seguem por Petrolina e Salgueiro no mesmo final de semana. Eles vão acontecer sempre as quintas, sextas e sábados, no entanto o primeiro será na sexta-feira, 13, em virtude das comemorações dos aniversários do Recife e Olinda, dia 12 de março. As reuniões seguem até o dia 29 de abril, quando acontece o último encontro no Recife.

Ao todo serão 12 seminários, um em cada Região de Desenvolvimento do Estado. Todos terão a participação do poder público e da sociedade civil que debaterão temas importantes e atuais como o abastecimento d’água, a segurança em áreas rurais, oferta de cursos técnicos, incentivos a arranjos produtivos locais, entre outras questões.
“Durante os seminários, os cidadãos e a sociedade vão debater e apresentar diretamente aos membros do Governo, as necessidades e problemas específicos de cada região”, disse o secretário de Planejamento e Gestão, Danilo Cabral. Para ele, o Todos Por Pernambuco está consolidado como uma política pública que vem dando certo. “A participação popular, com a sociedade interagindo diretamente com seus governantes e expondo suas carências e sugestões, é fundamental para que tracemos uma política pública que atenda o cidadão em todas as áreas”. O secretário lembrou ainda que todos os seminários serão presididos e conduzidos pelo governador do Estado, Paulo Câmara, assim como fazia o ex-governador Eduardo Campos.
Seminários – Os seminários acontecerão nas cidades de Araripina (13/03); Petrolina (14/03); Salgueiro (15/03); Floresta (19/03); Afogados da Ingazeira (20/03); Arcoverde (21/03); Surubim (09/04); Garanhuns (10/04); caruaru (11/04); Timbaúba (23/04); Palmares (24/04); e Recife (29/04). A expectativa é que, ao todo, mais de 14 mil pessoas participem dos seminários.Além da participação presencial, as pessoas podem registrar, assim como fizeram nos anos anteriores, suas sugestões por escrito, em formulários distribuídos em cada encontro ou através do site www.todosporpe.com.br, desenvolvido pela secretaria de Planejamento e Gestão para facilitar essa interação.
Temas – Serão 10 temas distintos para serem discutidos nas plenárias. São eles: Desenvolvimento Econômico, Cidadania, Saúde, Desenvolvimento Rural, Segurança, Educação e Cultura, Água, Infraestrutura, Habitabilidade e Espaço Público e Mobilidade Urbana. Em cada região oito temas serão abordados nas plenárias.
Anos anteriores – No primeiro ciclo de Seminários Regionais, realizado em 2007, foi registrada a participação de 5.207 pessoas. Desse processo, 102 Metas Prioritárias oriundas diretamente da contribuição da população foram inseridas no PPA 2008/2011. Já no segundo ciclo, realizado em 2011, com um aumento de 154% de participação, 13.498 pessoas estiveram presentes e 3.554 entidades foram representadas. Dessa forma, 26.147 propostas de políticas públicas foram registradas e coletadas pela equipe de Analistas de Planejamento da Secretaria de Planejamento e Gestão – SEPLAG e tratadas por um grupo de profissionais de gestão para a construção de um banco de dados que permitisse agrupar propostas semelhantes com as políticas definidas no Programa de Governo. A partir daí foram criadas as 247 metas prioritárias oriundas diretamente de contribuições da Sociedade, devidamente inseridas no PPA 2012/2015.
Da redação do BLOG do Emanoel Cordeiro/ Ascom
VISITE O INSTAGRAM
VISITE O INSTAGRAM
VISITE O INSTAGRAM
VISITE O INSTAGRAM
VISITE O SITE
VISITE O SITE